14 janeiro 2010

Novidades de ano novo

Nesse ano que acabou, muita coisa mudou na minha vida: meu filho casou e mudou, minha filha não casou mas mudou, muitas ilusões se foram, alguma tristeza me derrubou, alguns queridos se foram, algumas coisas ficaram melhores, outras piores mas o principal foi que eu mudei muito por dentro.
Meus amigos se queixaram, meus queridos reclamaram, se afastaram mas eu precisava fazer esse meio ano sabático, ir pensar na vida, aprender a ser só ou a só ser.
Eu vi que, embora todo mundo mude por dentro e por fora, as qualidades ficam mais intensas e os defeitos mais acentuados, porem isso não é levado em consideração.
E descobri, no meio de alguma tristeza e decepção, que não se deve esperar mais do que as pessoas tem para dar, sob pena de sair muito ferido.
Resolvi então gostar mais de mim, da minha companhia, do meu papo, me concentrar no que gosto de fazer, me permiti ter meu ócio por direito. Decidi me dar mais prazer, fazer mais aquilo que me dá vontade na hora em que eu acho mais adequado, da forma que eu entendo que deva ser. Respeito muito o direito de todos terem a mesma conduta, então me tornei mais discreta, mais sozinha, menos invasiva.
Que me desculpem aqueles que se sentiram excluidos ou prejudicados, acho que agora que cheguei quase à maturidade total, estou equilibrada e tranquila e posso dar o melhor de mim, sem cobrar nada de ninguem, para as pessoas que quiserem receber.
Não é ótimo? Eu acho!

Um comentário:

R.K disse...

pronto, então guenta que eu nao largo do seu pé em 2011! :) bjs marotos